terça-feira, 23 de abril de 2019

TÉDIO


encostado ao céu
nem percebo
que sou parte do seu sonho

MILAGRE ESTRANHO


a vida é um milagre estranho
deito sob a terra e não consigo me calar
falo uma árvore e espalho os galhos de ar
as unhas pintadas de frutos pequenos
secretam venenos
em fomes impossíveis de alcançar

sábado, 20 de abril de 2019

TÍMPANO


mordi a minha orelha sem querer
pensei que era a asa de um pássaro
mas era o pedaço de um som
que eu não queria ouvir
agora esse pedaço de orelha em minha boca
uma canção que eu não quero cantar
enfeita a minha memória
como a casa de um pássaro cheia d’água
pensa que é um mar