sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022

CONSTELAÇÃO SISTÊMICA


na minha constelação sistêmica não há estrelas

o brilho fica recuado entre o presente e o passado

o que fui não sabe o que é memória

o que sei não sabe o que é agora

vou me desvencilhar de tudo ao caminhar no espaço

quando nascerem as minhas pernas darei o primeiro passo

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2022

FALANDO SOZINHO


poeta fala sozinho

o poema solitário na página

de um caderno ou de uma tela

(com sorte) na página de um livro

quase sempre fechado

é uma fala solitária

a leitura do outro

não alcança o silêncio

enxerga apenas palavras

RUA BENFICA

  o mais antigo numa casa antiga é o silêncio divide o corredor com o tempo ambos trôpegos quase abraçados espalham grossas pa...