sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

FERRUGEM

meu amor é feito água
água corrente enferrujada
água parada
água salgada
eu bebo todos os dias
bochecho e aspirjo no mundo
bebo num copo sem fundo

RUA BENFICA

  o mais antigo numa casa antiga é o silêncio divide o corredor com o tempo ambos trôpegos quase abraçados espalham grossas pa...