domingo, 25 de março de 2018

JARDIM DOS ALQUIMISTAS


no jardim dos alquimistas
as flores artificiais imploram criação
borboletas se aproximam
atraídas pelo cheiro da aflição
o sol dispara em direção ao escuro
mas nunca chega a tempo
enquanto isso
os alquimistas sonham acordados
acompanham a agonia
dos sonhos entubados


Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...