terça-feira, 14 de agosto de 2018

PARA ONDE VÃO AS DORES


para onde vão as cores
quando as borboletas dormem
para onde vão as dores
quando as pessoas morrem
eu sei esse lugar
onde as palavras não podem entrar
onde borboletas e pessoas
se misturam com o escuro
e o infinito se acumula
até formar um muro


Nenhum comentário:

AQUELES DIAS DE DESESPERO

  tem dias que bate um desespero uma vontade de arrancar os cabelos até os pentelhos vontade de correr nua pelas ruas ampliar o co...