quarta-feira, 7 de setembro de 2022

AZUL IMPROVÁVEL

 

um mar sem ondas

alagou o olhar do lugar

um olhar sem cheiro

porque não se guardava

derramado ao mar

que também se derramava

tudo era vazio

imenso imerso

num azul improvável

 

Nenhum comentário:

RUA BENFICA

  o mais antigo numa casa antiga é o silêncio divide o corredor com o tempo ambos trôpegos quase abraçados espalham grossas pa...