segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

ensaio de fragmento




poesia é coisa
doutro mundo
que mundo é esse?
é esse? é esse?
se perguntava o alienígena

Nenhum comentário: