sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

SIDERAL

defeco estrelas
algum satélite
introduz abscessos
no espaço sideral
as dores não flutuam
nada muda o desejo da palavra
sentir-se refletida
no espelho da ideia

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...