quarta-feira, 20 de maio de 2015

MINHAS DORES

minhas dores
apesar de curvas
formigam por dentro do tempo
apesar de turvas
fomentam adentram
apesar de vulvas
emendam atentam
apesar de todas
apesar de tolas
minhas dores
são as minhas dores
não são tuas
não são vossas
nem são nossas


Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...