quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

PEQUENOS INCÊNDIOS

dentro do mar
dentro do rio
dentro do olhar
nada acalma
tudo é água
a música que toca
sem ninguém ouvir
vai formando
pequenos incêndios
na memória
não há como apagar
com o olhar
não há como guardar
dentro do rio
não há como embrulhar
dentro do mar


Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...