quinta-feira, 12 de setembro de 2019

COM MERO TEMPO


gostaria de comer o tempo
mas conheço o seu veneno
ele não me conhece
e me come sem engolir
sua saliva e seus dentes me transformam
nessa massa disforme que sobrevive
graças à fome de comer o tempo

Nenhum comentário:

VERÃO PASSADO

  o verão passou e você permaneceu calada esperei aquela palavra ou melhor qualquer palavra parecida com um outono menos amargo ...