terça-feira, 3 de setembro de 2019

NÃO SEI VOAR


porque não sei voar
não quer dizer
que eu não tenha asas
posso usá-las num sonho
num poema
ou debaixo d’água
posso usá-las longe dos olhos
posso devorá-las
dependendo da fome
posso me voar por dentro
desaparecer por alguns momentos
como se estivesse morto
como se para voar
precisasse de um corpo

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...