terça-feira, 8 de outubro de 2019

PARA QUEM MERECE VOAR


pessoas voam quando merecem
nunca passei de um metro
as asas se mereço
não sei o endereço
minhas omoplatas sob o asfalto
arranham os pneus
talvez o mundo seja a minha asa
e o ar a minha casa

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...