sábado, 14 de março de 2020

ESFREGA POESIA


a poesia se esfrega em tudo
e tanto
e com tanta frequência
que até as palavras
desaparecem do seu corpo
e ficam misturadas
pelo mundo

Nenhum comentário:

RUA BENFICA

  o mais antigo numa casa antiga é o silêncio divide o corredor com o tempo ambos trôpegos quase abraçados espalham grossas pa...