quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

OVÍDIO

dizem que Ovídio escrevia dormindo
versos estrofes poemas inteiros
povoavam os seus sonhos
e ao acordar
ele preenchia inúmeros pergaminhos
eu não tenho essa sorte
não existem mais pergaminhos


Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...