segunda-feira, 19 de novembro de 2018

SABOR DA BELEZA


para Iri

se fosse permitido à beleza ter algum sabor
a língua não alcançaria
ficaria restrito à língua
o sabor da palavra que move a beleza
à língua o deslizar sobre a beleza
saber o sabor que não alcança
converter cada palavra sem esperança
do significado do sabor
à língua percorrer a superfície da beleza
sem se importar com o sabor
ser a própria palavra
ser a cor da palavra
ser a água
se misturar ao sabor
que nunca acaba


Um comentário:

Jeito Griô disse...

Descrever a beleza, sua cor ou seu sabor requer delicadeza e muita emoção. E você a fez com maestria. Obrigado.