domingo, 18 de novembro de 2018

SINTO PARECER OTIMISTA


sou otimista
o sol não atinge a minha garganta
entendo as palavras quentes
mas a natureza não é a minha mágoa
mesmo sorrindo pareço triste
porque não controlo o olhar do outro
nem controlo o meu
vejo florestas nos desastres
flores onde há apenas chumbo
valas repletas de perfumes
nem me movo
e o meu caminho já está pronto
aonde ir
não uso como remédio
mas tomo todos os dias


Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...