quinta-feira, 30 de julho de 2020

ESPAÇO

não sei o que estou sentindo

sei que não é agora

nem ontem

o que sinto está longe do tempo

é mais espaço e ocupa

cada poro do meu corpo

a parte de fora

a parte de dentro

o que sinto no centro do corpo

o que sinto no centro do mundo

onde não me sinto


2 comentários:

Poética por toda parte disse...

Que belo poema!

Marisa Alcione disse...

Poema intenso....a inquietação da alma!