quarta-feira, 5 de agosto de 2009

córrego


o barulho do pólen
a dor do casulo
manchas de flores no esgoto do sol
nem a primavera
nem o dia
apenas a vida pingando
lentamente
em preto e branco

Nenhum comentário:

OXÍMERA E A SUA OBRA

Oxímera construiu um desenho no piso do quarto para isso precisou afastar a cama exibindo assim o lixo que estava ali acumulado ela ...