quinta-feira, 27 de agosto de 2009

das coisas irreversíveis



mesmo que você não veja
o sol brilha
em algum lugar

todo o mundo
mete a cara na vida
ao lado do fundo

e férias é o idioma
que a morte
não sabe falar

Nenhum comentário: