terça-feira, 27 de abril de 2010

CANTO DA CABEÇA

nas segundas-feiras
minha cabeça fecha

o que restou de mim
talvez escombros

nunca tive
alicerce

paredes foram erguidas
durante o sonho

os pesadelos constroem
as palavras que pronuncio

nos outros dias
minha cabeça alerta

Nenhum comentário:

BEIRA DO LUGAR

vou aonde me cabe onde me sobra aonde me cobra estar por fora vou aonde me acende onde me entende onde me aguarda estar ausente vou aonde me...