quarta-feira, 28 de abril de 2010

MEDO DE VOLTAR

simplório gesto
de medir o ar
usando o sol
respire-se por dentro
vou colar brisas
no meu
medo imaginário
vou ter espasmos
fora do corpo
levitar a insônia
marcar com estrume
onde nunca pensarei
abraça-me
porque nunca
vou chegar

Nenhum comentário: