quinta-feira, 26 de agosto de 2010

LEITURA LABIAL

fiz a leitura labial de deus
li que o mundo morreu
e desse corpo inerte
não somos nem os vermes
depois percebi a ilusão
o lábio de deus era o lábio de um cão
por tamanha maledicência
deus me condenou à existência

Nenhum comentário:

NATIMORTO

  todo poeta nasce morto isso explica sua briga inútil com a vida ataca palavras e delas se defende se transforma em estátua qua...