sábado, 7 de agosto de 2010

SER AMADO

eu tinha
todas as flores do mundo
agora nem me pertenço

tudo o que sinto
cabe num canto
é preciso um coral
de espaços

quando penso
espanto o mundo
quando falo
me convenço
desse espanto

espero que o amor
me desvende
quando eu chegar

Nenhum comentário: