terça-feira, 3 de junho de 2014

ENXUGANDO O CÉU

puxei a toalha
o suficiente para enxugar o rosto
não percebi que a ponta da toalha
estava presa ao céu
estava azul naquele dia
e enxuguei meu rosto
e o meu rosto
enxugou o céu
ao mesmo tempo


Nenhum comentário:

AQUELES DIAS DE DESESPERO

  tem dias que bate um desespero uma vontade de arrancar os cabelos até os pentelhos vontade de correr nua pelas ruas ampliar o co...