sexta-feira, 28 de novembro de 2014

AO REDOR DA TERRA

o olho escorre pelo pátio
e não encontra o que ver
recolhe-se à órbita
dá uma volta ao redor da terra
pensa que é um planeta desabitado
espera ansioso algum explorador


Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...