segunda-feira, 30 de julho de 2012

PANCADA DE VENTO


pancadas de vento
empurram os corações
para bem longe
algumas vezes os corpos vão junto
nunca tive essa sorte
meu coração perdeu-se na poeira
e o meu corpo ficou
dando voltas no ar
até ficar gravado aqui
nessa página

Nenhum comentário:

RUA BENFICA

  o mais antigo numa casa antiga é o silêncio divide o corredor com o tempo ambos trôpegos quase abraçados espalham grossas pa...