terça-feira, 5 de agosto de 2014

A SOMBRA DO VIADUTO

debaixo do viaduto
não dá pra ver a lua
vejo o concreto
os desenhos no concreto
veias de uma agonia
a lua desaba
antes do viaduto
seu alicerce era a minha sombra


Nenhum comentário:

AQUELES DIAS DE DESESPERO

  tem dias que bate um desespero uma vontade de arrancar os cabelos até os pentelhos vontade de correr nua pelas ruas ampliar o co...