quinta-feira, 3 de março de 2016

AMARELO OUTRO

minha urina amarela o ouro
ou amarela urina
inunda o formigueiro no telhado
sim estou no telhado
tentando amarrar a corda na ponta da lua
a lua é dos namorados
e também dos enforcados
que carregam consigo formigas



Nenhum comentário:

NATIMORTO

  todo poeta nasce morto isso explica sua briga inútil com a vida usa palavras e delas se defende se transforma em estátua quand...