domingo, 6 de março de 2016

PENETRANDO O AMOR

penetro o amor
retiro o meu corpo do mundo
e entro noutro mundo
descubro o que há do outro lado
mas não conto
ninguém apodrece dentro do amor
dentro do amor só há vida
retornar ao mundo dos mortos
confirma o amor mais ainda


Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...