quinta-feira, 16 de julho de 2009

boaconha

uma ramagem de canabis sativa
tatuada nas costas de uma mulher
lembrou-me de um antigo poema
no qual eu descrevia ervas medicinais
lembrou-me de uma namorada
que me deixou plantado na praça leningrado
sob rega de lágrimas
lembrou-me das várias fomes do não
a vida
que sempre me tratou bem
mesmo sem me conhecer
- como deveríamos tratar a todos -
me faz lembrar de coisas
que eu nunca deveria esquecer

Nenhum comentário: