quarta-feira, 29 de julho de 2009

perdulário provisório 2


nem morto nem feliz
por isso aberto
à poesia
a dor o amor
resvalam na alma
deixando sequelas

Nenhum comentário: