quinta-feira, 22 de julho de 2010

CURATIVO

no começo pensei que fosse
uma dor comum e logo passaria

pensei que se piorasse
qualquer analgésico resolveria

pensei que por ser suportável
eu me acostumaria

pensei que se eu disfarçasse
ninguém perceberia

pensei que fosse uma dor só minha
mas todo mundo sentia

pensei que se eu me abandonasse
mesmo assim a dor me acompanharia

pensei em mudar o conceito da dor
mas mudar o conceito não a extinguiria

então escrevi nesta página
e a dor se tornou poesia

Nenhum comentário: