quinta-feira, 22 de julho de 2010

TATEANDO NÃO VEJO O QUE ME FIZ

quando arrancaram meus olhos
só faltei chorar
ceguei gritei sangrei mas não chorei
quando me arrancaram os olhos
eu estava dormindo
sonhando com paisagens apagadas
quando me arrancaram os olhos
só faltei chorar
nem vi porque dormi um pouco
além da conta
quando arrancaram os meus olhos
só faltei chorar
tudo o mais que eu tinha direito fiz
porém com tato

Nenhum comentário: