quarta-feira, 22 de setembro de 2010

CORAÇÃO PURO

meu coração é puro
qual um poste
tenso solitário
ilumina um lugar
que não lhe pertence

meu coração puro
mora num peito
que não merece
não para de irrigar
e nunca surge a horta
não para de bater
e nunca abrem a porta

Nenhum comentário: