sexta-feira, 4 de maio de 2012

DE OLHOS FECHADOS

quem abre os olhos
enxerga principalmente
o que não deseja
até um cego encontra
abismos inesperados
eu mantenho os olhos
sempre fechados
enxergo abismos
enxergo palavras impronunciáveis
escrevo abismos

Nenhum comentário:

RUA BENFICA

  o mais antigo numa casa antiga é o silêncio divide o corredor com o tempo ambos trôpegos quase abraçados espalham grossas pa...