quinta-feira, 3 de maio de 2012

DESPINDO A DOR

aos poucos
a dor se despe
e o que parece sangue
é nada mais que corte
e o que parece humano
é nada mais que morte

Nenhum comentário: