sexta-feira, 22 de março de 2013

NÃO QUERO LEMBRAR

lembro que continuei a respirar
sob a chuva
mesmo estando um pouco chateado com tudo
continuei a caminhar sob a chuva
o rosto colado na água
o sabor da nuvem no lábio
o azul que se desfez sobre a roupa
e transformou o chão
num lago sem reflexo
lembro que caminhei sobre as águas
mas não alcancei onde deveria chegar
sempre à margem meu corpo meu lago
a visão turva sem entender as cores
e nada me faz esquecer
tudo é lembrança boiando na água
sem um ralo onde possa escorrer

Nenhum comentário: