quarta-feira, 1 de abril de 2015

ALEGRIA ALEGRIA ALEGRIA

queria ter a alegria de Fatinha
eu seria mais forte
não haveria mais sangue só flores
não haveria mais dores só cores
se eu tivesse a alegria de Fatinha
eu nem precisaria da alegria

Nenhum comentário:

RUA BENFICA

  o mais antigo numa casa antiga é o silêncio divide o corredor com o tempo ambos trôpegos quase abraçados espalham grossas pa...