quinta-feira, 25 de março de 2010

PÉROLAS AOS POUCOS

um poema salvador do mundo
debalde
lançar a luz sobre a merda
não a transforma em flor

Nenhum comentário: