quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

DELTA

depois de reler
os meus três mil setecentos e quarenta e dois poemas
não encontrei a palavra delta
encontrei de dele dilata alta altera
e outras que nem vale mais a pena
soltei todas as palavras de todos os poemas
inclusive os que ainda vão ser escritos
elas escorrem agora até formar esse delta

Nenhum comentário: