terça-feira, 12 de maio de 2009

MADRUGAL

insone
busco no músculo
um sonho um siso

o suor das horas
e o meu
saem do mesmo poro

deploro o sol
que se esconde
em minha fronte

entre os seus dentes
a luz me quer
mastigado abraço
amanheço

Nenhum comentário:

OXÍMERA E A SUA OBRA

Oxímera construiu um desenho no piso do quarto para isso precisou afastar a cama exibindo assim o lixo que estava ali acumulado ela ...