sábado, 2 de maio de 2009

POÉTICA

a flor
e infinitas formas de abrí-la
o poeta ao seu modo
a vida ao seu mundo

Nenhum comentário: