quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

DESPEDAÇADO

quem quer se dividir
procura o sonho
não espera que a vida o despedace
não há sangue nos cortes do sonho
e a dor fica pendurada
do lado de fora
a vida nos desperta
tudo volta ao seu lugar
e recomeça o eterno despedaçar

Nenhum comentário: