quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

FAXINA

finjo
como se soubesse
o que os outros sentem
pessoas lembram objetos
sentadas nas prateleiras
recolho uma a uma
retiro o pó
e a tinta que fica
na flanela
lembra a cor
de algum sentimento
que não me ocorre
no momento

Nenhum comentário: