quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

MINA

a poesia não me salva do silêncio
por ele
começo a cavar
encontro ouro
encontro água
não consigo me encontrar

Nenhum comentário: