terça-feira, 15 de julho de 2014

CABEÇA

os dias passam ao lado
como um motim
no sangue coagulado
a partir do corte
bem longe do corpo
tudo se escancara
como um céu
eu queria ser livre
mas penso

Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...