segunda-feira, 21 de julho de 2014

MAIS DA CHUVA

gosto mais da chuva
que do medo
a água da chuva
não me apaga
o medo nem tem água
é só me olhar
que me apaga

Nenhum comentário:

NATIMORTO

  todo poeta nasce morto isso explica sua briga inútil com a vida ataca palavras e delas se defende se transforma em estátua qua...