quinta-feira, 31 de julho de 2014

TENHO TENTADO

tenho tentado não ser depressivo
mas está difícil
o sonho poderia me levar
para outro lugar
mas no sonho há peles e sangue
sem corpos sem artérias
a vida me leva
para outro lugar
onde permaneço imóvel
faço parte de algo
onde não posso entrar
aos que me tocam
permaneço quieto
revido com palavras
escutam vento água
respiram e bebem
paciente aguardo
o ruido dos corpos envenenados


Nenhum comentário:

PELAS RUAS DE SÍTIO NOVO

caminhamos tranquilos pelas ruas de Sitio Novo o córrego e eu entendemos de sigilo escorremos nossos segredos pelo meio-fio até que o sol de...