sexta-feira, 25 de setembro de 2009

passo em claro




diminuo os passos
na esperança de me perder
aos poucos as pernas
vão se acomodando  ao espaço
reservado aos pés
e o corpo acompanha
o movimento juntamente
com as mãos 
diminuo mais ainda os passos
não perco a esperança
de me perder 
aos poucos o pensamento
vai se acomodando aos fatos
nenhum sentimento
acompanha o movimento
lento até a inércia
constato que jamais
me perderei

Nenhum comentário: